terça-feira , 19 novembro 2019

Luciano Rechia e o Kettlebell

O atleta e professor Luciano Rechia é detentor do 1º lugar no torneio Latino Americano de Kettlebell Sport, na categoria Snatch, com 23 repetições com a carga de 40 kg. A competição foi realizada na cidade de Viña del Mar, no Chile, em 28 de julho de 2017. Etapa da World Kettlebell Grand Prix, o evento reuniu representantes de vários países das Américas. Luciano Rechia levantou 88 libras e realizou as repetições por cinco minutos.
Luciano desenvolveu uma preparação de seis meses para a competição. Trabalhando em sua cidade natal, Monte Alto, estado de São Paulo, organizou um treinamento que priorizava a resistência, a potência e a força, mesmo não tendo o kettlebell de 40 kg. “Não temos peças de Kettlebell Pro grade em nosso território. O máximo, até 2017, era 32 kg. Nesse ano, se tudo correr bem, chegará a de 36 kg. Foi onde surgiu a vontade de unir meus conhecimentos como professor e colocar outros equipamentos, como Barbell, Dumbbells e Pneus na minha preparação”.

UM CONTRATEMPO QUASE IMPEDIU QUE LUCIANO ALCANÇASSE O TÍTULO: “A viagem foi cansativa, perdi o voo de ida. Tinha programado estar no evento um dia antes, acabei chegando na madrugada do Campeonato, com poucas horas de sono. Só queria que chegasse logo meu horário para me colocar diante dos 40 kg e realizar meus 30 movimentos que nunca tinha feito na vida!”. O resultado foi muito positivo para o atleta e professor de 43 anos de idade. Sua determinação e disciplina o levaram para o título que nenhum brasileiro havia conquistado.

A PRÁTICA DO KETTLEBELL
No final da década de 90, Luciano mudou para São Paulo para cursar Educação Física na Unisant’anna. Graduado, começou a prestar serviços em treinamentos personalizados (Treinamento Resistido – Musculação e Funcional) e como Personal Trainer.
Durante uma estadia na Flórida (USA), em novembro de 2012, para conhecer o Crossfit no país que deu origem ao esporte, teve a oportunidade de ter contato com as Box’s (academias) em Miami e treinou algum tempo na Crossfit Downtown, quando conheceu o equipamento Kettlebell. Comprou duas peças e trouxe para o Brasil. Após um ano Luciano mudou-se para Ribeirão Preto (SP) e passou a exercer suas atividades como coach nas academias Ribeirão Shopping Cia Athletica e na CrossFit Ribeirão. A partir daí, se aprofundou na prática do Kettlebell, como esporte e treinamento realizando palestras, workshops e competições.
O resultado de sua dedicação ao novo esporte foi sua classificação para a competição continental na etapa Brasil, realizada em Curitiba (PR), em 09/12/16, levantando 32 kg com 56 arremessos na prova Snatch, chegando ao título pela World Association of the Kettlebell Sport Clubs (Waksc).
Hoje, Luciano Rechia se divide como professor, preparador físico, atleta e empreendedor no ramo do Fitness & Sport, distribuindo o equipamento Kettlebell, da representação Brazilian Training. Como treinador (coach) da Equipe KTBTeam tem hoje oito atletas, sendo que a atleta Silvana da Matta, 171 reps, Snatch 12 Kg, 70 Kg, está classificada para o mundial de 2018, o International Gira Sport Competitions for 2018, de 1 a 5 de novembro em Bukhara, Uzbequistão.

 

O QUE É O KETTLEBELL
O Kettlebell é um equipamento esportivo composto por uma bola de ferro fundido com uma alça. A presença do equipamento para demostrações de força em mercados e feiras tem relatos desde o século XVI, na Europa. O Kettlebell foi popularizado no território do Império Russo a partir do século XVIII, entre militares e marinheiros que utilizavam como equipamento uma bola de ferro fundido com uma alça, de cerca de 16 kg, semelhante a uma bala de canhão. Na Rússia o equipamento recebia o nome de Girya (que significa peso). Muito popular entre os russos, o esporte ganhou sua primeira competição oficial em 1948 e em 1974 o Kettlebell Sport foi declarado um esporte russo.
O Fitness ganhou dimensão mundial quando Pavel Tsatsouline, antigo treinador, mudou-se para os EUA e criou o Russian Kettlebell Challenge (RKC), difundindo a prática.
O Kettlebell é usado para adquirir força e resistência e para potencializar a musculatura, oferencendo uma grande série de exercícios com uma única peça e contribuindo para a assimetria corporal. O equipamento também é visto hoje como o diferencial no treinamento funcional, trazendo vários benefícios na preparação física, desde a performance, ao atleta profissional, assim, sendo muito utilizado entre os praticantes de Artes Marciais e Crossfitter.
O Kettlebell Sport é uma técnica de levantamento de peso que aplica repetições de exercícios com a bola de ferro com alça que pesa 24 kg na categoria feminina e 32 kg na masculina. Nas competições oficiais o Kettlebell consiste em quatro provas: Jerk, Snatch, Long Cycle e o Biathlon. Desenvolvendo força, resistência e técnica, as competições são disputadas em dez minutos e o atleta tem que executar o maior número de repetições.
O Esporte é representado pelas seguintes organizações internacionais: International Union of Kettlebell Lifting (IUKL), International Gira Sport Federation (IGSF), International Kettlebell Lifting Federation ( IKLF ), International Kettlebell and Fitness Federation (IKFF). Entre elas, a World Association of Kettlebell Sport Clubs (WAKSC), que agrega cerca de 129 clubes de Kettlebell.
No Brasil o esporte tem crescido. Desde 2014 são organizados campeonatos, com o aumento do nível técnico e da performance dos atletas. Em 2016, o Brasil sediou a etapa do GP mundial em Curitiba, com 47 atletas de oito estados.
LUCIANO TEM CERTIFICADOS NOS SEGUINTES INSTITUTOS E ESCOLAS:
Kettlebell IKFF – International Kettlebell and Fitness Federation – Kettlebell KBLA – Kettlebell Latino Americano – Kettlebell SSED – Specialized Strength Endurance Development – Kettlebell MKS – Modern Kettlebell Sport – Coach / Laboratory of Champions – Crossfit Kettlebell – 1º Curso de Especialista pelo Jeff Martone Coach CF – CrossFit Judges – 2014 e 2015.

 

PELA PRÁTICA COM O KETTLEBELL, LUCIANO PARTICIPOU DOS SEGUINTES EVENTOS:
ORGANIZADOR
Torneio de Kettlebell Crossfit
Evento pioneiro no Brasil com o Kettlebell, na cidade de Ribeirão Preto – SP, 28/02/2015. Realizado no Milwaukee American Bar, dentro do complexo Harley-Davidson.
2º Torneio Kettlebell BrazilianTraining & CFRP
Realizado no Salz Bar, na cidade de Ribeirão Preto – SP, 02/04/2016.
1º Winter Kettlebell Challenge – Curso e Mini Torneio – Shark Mode, realizado na cidade de São Carlos – SP, 30/07/2016 – Árbitro (Convidado).

Supervisor para os Eventos do Shark Mode
Etapa – Ilha Bela – SP, 21 e 22/05/2016. Sorocaba – SP, 08 e 09/10/2016.
ATLETA AMADOR
Em competições Luciano Rechia é um dos mais destacados praticantes do Kettlebell tendo participado das seguintes competições:
Prova Snatch – Campeonato Brasileiro de Kettlebell Sport, atingindo o índice de Amador – 19/09/2015 na cidade de São Paulo – SP – 1º Lugar – Snatch KB de 24 kg prova de 5 minutos com 85 repetições.
Prova Clean & Jerk – Copa Paulista de Girevoy Sport em 20/08/2016, na cidade de São Paulo – SP – 1º lugar – Long Cycle 2 KBs 20 kg cada / 40 kg total. Prova de 10 minutos com 46 repetições.
ATLETA ELITE
World Kettlebel Grand Prix série Brasil – 1º lugar – Snatch 32 kg, prova de cinco minutos com 56 repetições, 09/12/2016, em Curitiba (PR) – BrasilRank CMS – Candidate for Master of Sports.
Torneios Latino Americano de Kettlebell Sport
Chile – 1º lugar – Snatch 40 Kg, prova de cinco minutos com 23 repetições, 28/07/2017, em Viña Del Mar, tornando-se o 1º Latino a levantar 88 libras no continente Sul-americano na supervisão de árbitro e atleta profissional russo.

 

O esporte sempre esteve presente na vida de Luciano Rechia. Desde garoto Luciano praticava esportes em sua cidade natal, Monte Alto (SP). Começou nas aulas de Educação Física e praticou Atletismo, Basquete, Futebol e Natação, mas foi do Karatê que ele se aproximou mais, na academia Vera Cruz com o sensei Benedito de Jaboticabal (SP), que foi aluno do falecido Takashi Shimo – Shotokan. Com 17 anos de idade veio passar férias na cidade de São Paulo e conheceu uma academia, no bairro da Lapa, do falecido Sensei Luiz Gomes (Luisão). Com ele Luciano iniciou o treinamento do Karatê Kyokushin. Sempre que possível retornava para a capital paulista para treinar e adquirir conhecimento e isso resultou na faixa marrom da categoria.
Dando sequência em seu treinamento conheceu a arte do Morihei Ueshiba – Aikido e aperfeiçoou seu trabalho com o Sensei Cremona no Dojo da Casa Verde.
Em 2012 entrou em contato com a box da Crossfit Downtown – Miami, Florida. Aproveitando a estadia no país, foi treinar Aikido com a Sensei Wee Wow em Dumlao, Florida.
Luciano Rechia é Shodan em Aikido (Aikikai); Aikikai world headquarters. Information concerning Aikido, Hombu Dojo, instructors. e Shodan em Shidokan (USA) Karate Shidokan pela United States Association Shidokan.

Sobre combat@123

Check Also

Peter Venâncio Júnior – Peixinho será?

Peixinho será?   Considerado uma das revelações do boxe nacional, Peter Venâncio Júnior encara uma …