segunda-feira , 21 outubro 2019

Blend de Proteínas, Um Coringa para seu Dia a Dia

Com certeza a maioria dos praticantes de atividade física sabe dos benefícios do Whey Protein e suas diversas apresentações que vão desde o WPC (Whey Protein Concentrate), WPI (Whey Protein Isolate) e WPIH (Hydrolized Whey Protein). Porém, existem também outras proteínas animais como Albumina (derivada do ovo), Caseína (do leite), proteína da carne e as vegetais, como soja, ervilha e arroz, que você também pode se beneficiar.

O Whey Protein é normalmente utilizado no pós-treino, por ser uma proteína de rápida absorção e estimular a síntese proteica de forma rápida, além de ter um excelente aminograma rico em BCAA e Leucina, tornando o padrão ouro em proteínas.

Ele se torna muito útil também no pré-treino, caso não tenha feito uma refeição com proteínas próxima ao horário de treinar, ou a refeição que antecede o treino já tenha sido feita por mais de duas horas (isso levando em conta que cada indivíduo tem uma velocidade de esvaziamento gástrico e metabolismo diferente e também que tipo de alimento foi ingerido anteriormente e demais fatores). Normalmente procura-se fazer uma refeição entre 1:30/3:00 antes do treino de musculação, com carboidratos complexos e proteínas como frango, peixe ou ovos, porém em alguns casos com a proximidade da atividade física e a falta de tempo para se realizar mais uma refeição, a utilização do Whey no pré-treino é interessantíssimo, devido justamente a sua fácil digestão e absorção, podendo ser adicionado um carboidrato como Waxi Maize, consumido sozinho ou em adição de uma fruta e aveia por exemplo.

O Blend de proteínas, que apresenta em sua composição geralmente uma proteína de rápida, média e de lenta absorção, se torna um valioso produto, um coringa que pode ser utilizado em diversos momentos do seu dia, o qual também devido a sua praticidade, é muito utilizado como substituo de refeições intermediárias. Por exemplo no caso de não conseguir realizar uma refeição sólida, seja por falta de tempo, inviabilidade devido trabalho, reuniões, etc.

Essa fórmula do Blend geralmente são compostas por proteínas de rápida absorção como Whey, seja uma ou mais de uma de suas apresentações, ou até mesmo contendo todas como WPC, WPI e WPIH, médias como albumina e as vezes soja também e lenta como caseína e em alguns casos outras fontes como proteína da carne.

O Blend pode ser uma boa opção também na sua primeira refeição do dia com alguma fonte de carboidratos como frutas, pães, aveia ou com uma boa fonte de gordura. Poder ser utilizada também no pré treino pela digestibilidade mais rápida que uma refeição com alimentos sólidos e antes de dormir justamente por conter diversas proteínas com absorções com tempos diferentes favorecendo a oferta de aminoácidos por mais tempo na corrente sanguínea.

Pensando nisso e olhando o mercado vemos algumas pesquisas, atletas e treinadores também indicando o seu uso no pós-treino, ressaltando que sua utilização deve respeitar a individualidade de cada um, bem como o objetivo a ser alcançado.

No pós-treino, certamente você deve pensar que a melhor proteína seja o Whey pela sua rápida absorção, por ser rica em BCAA e estimular a síntese proteica de forma veloz e iniciar rapidamente o reparo do tecido muscular. Isso faz todo sentido, entretanto esse estímulo só é aumentado por um curto período de tempo e da mesma forma que ativa rapidamente a síntese proteica ofertando aminoácidos para os músculos, ela cai com a mesma velocidade. Estudos apontam que quando você adiciona proteína de média e lenta absorção, a síntese proteica se mantém elevada por mais tempo e o fornecimento de aminoácidos constante, resultando em um cenário mais favorável ao aumento corporal da massa magra.

O Blend torna-se também uma excelente opção no pós-treino, pelo fato da maioria já conter em sua composição uma quantidade de carboidratos, o que favorece a reposição do mesmo pós-exercício, bem como desempenha papel na construção de massa magra junto com a proteína. Até mesmo a adição de leite com Whey Protein já mostrou eficácia na síntese proteica, lembrando que a composição do leite é por volta de 20% Whey e 80% caseína.

Ultimamente um novo estudo apontou que adicionar soja no Blend de proteínas mostrou um bom cenário no qual você pode se beneficiar também. Aquela dúvida ou rumores de que soja diminui a testosterona não procede, além do que ela é rica em antioxidantes e arginina a qual aumenta a produção de óxido nítrico, através do aumento da quantidade de óxido nítrico sintetase, enzima responsável que converte a arginina em oxído nítrico, dessa forma sendo seguro para seus ganhos musculares adicionar ou comprar um Blend que já contenha soja.

Com estudos e prática confirmando a sua notória eficácia, fica mais fácil para o consumidor escolher a melhor opção que se encaixa para o horário e que atenda a sua necessidade, fazendo do Blend uma excelente opção.

Quem ganha com essa diversidade ofertada é o consumidor que pode entrar em uma loja de suplementos nos dias de hoje e escolher a proteína ou as proteínas mais indicadas para sua atividade física e ou estilo de vida. Hoje o mercado apresenta também diversos sabores e composições que facilitam a adesão e a manutenção do plano alimentar.

 

Marcelo Steinle – nutricionista esportista CRN 55086-P

Sobre combat@123

Check Also

Café da Manhã

Café da Manhã